Em uma entrevista recente a TV Guide, Matt McGorry (Asher) respondeu a uma série de perguntas sobre os acontecimentos do último episódio exibido (3×04) e o mistério apresentado na terceira temporada.

ATENÇÃO: ESSE ARTIGO CONTÉM SPOILERS DO EPISÓDIO 3X04 “Don’t Tell Annalise” 


O episódio 3×04 de How to Get Away with Murder apresenta Asher e Bonnie no comando do caso de Tristan, um adolescente acusado de falsificar cartões de credito e roubo. Tristan investiu o dinheiro roubado em dezenas de coisas de bebês para seu futuro filho, no qual a mãe é sua professora Susan. Bonnie decide tomar uma atitude corajosa à la Annalise no tribunal pensando nos abusos que ela sofreu no passado pelo seu pai, que é envenenado por Frank no hospital-prisão. Além disso, temos a grande e inesperada revelação de quem foi encontrado vivo(a) na casa em chamas de Annalise. Meggy (namorada do Wes) reconhece Laurel na cama do hospital quando ela vai informar a médica de trauma em plantão sobre os resultados dos exames do paciente e que ela está GRÁVIDA! 

Depois de recapitular os acontecimentos do episódio, confira abaixo a entrevista de Matt McGorry.

Asher mostrou um certo amadurecimento nesse episódio. Ele e Bonnie estão bem?
Matt McGorry: Obviamente existiu algumas dificuldades que precisaram ser trabalhadas no caso de Tristan mas atualmente, parece que eles encontraram um respeito mútuo e uma melhor maneira de lidar com situações e os problemas de cada um enfrenta, criando um novo vinculo.[…]

Eu gostei quando Asher disse para Bonnie, “Eu não te culpo. Estou orgulhoso de você. Ele (Tristan) precisa de ver a pessoa que ela (Susan) realmente é.”. Não é comum ver Asher tão sério e sincero, dizendo que ele está orgulhoso de alguém. Você acha que ele acordou quando Bonnie trouxe a mesa sobre Tiffany Howard?
Matt McGorry: Sim. A historia em si é bem complicada. Eu acho que quando tudo se tornou tão perto dos sentimentos da Bonnie, porque ela já passou por muita coisa sozinha. Bonnie tomou uma decisão pensando no que seria melhor para Tristan, mas eu entendo o ponto de vista de Asher que não é culpa de ninguém mais do que a própria vitima do estupro. É algo bem complicado, mas no final, eu acho que o fato da professora ter que responder sobre seus atos é ótimo. Eu acho que muitas vezes o que faz as pessoas, na minha experiência, se sentirem próximas uma das outras é que nos podemos nos discordar e que possui uma vulnerabilidade junto com isso. Nos lidamos com isso para conquistar o melhor dessa situação. Eu acho que é isso o que aconteceu com eles nessa cena. Ele (Asher) pode não ter concordado com ela sobre o que fazer mas no final, ele sente que ela tomou a decisão certa mesmo com ele tentando modificar a situação.

Desde que eles estão de bem agora, a Bonnie deve contar a Asher sobre seu pai ter morrido, ou qualquer coisa sobre Frank?
Matt McGorry: Eu não sei. Eu acho que ainda existe um monte de segredos na casa e na firma. Eu creio que transparência é a ultima coisa a se esperar de todos os relacionamentos deles.

Não ouve muitas cenas de Asher e Michaela (Aja Naomi King) nesse episódio. Claramente, ele está mais a fim dela do que o contrário. Também, ela é mais relutante em ter alguma coisa séria com ele. Onde eles irão chegar?
Matt McGorry: Eu acho que Asher tem muitos sentimentos fortes e intensos por Michaela. Asher está em uma situação onde ele perdeu aquelas pessoas que são realmente importantes na família dele. Eu creio que isso intensifica ainda mais a conexão com ela sobre o que ele sente. Ela não está inteiramente dentro dessa relação. Eu acho que ele está fazendo o melhor que ele pode fazer sendo paciente e discreto, não perguntando muito sobre a relação a ela. Definitivamente, será notável o desenvolvimento dessa relação na história.

Você sabe quem está debaixo dos cobertores, quem morreu?
Matt McGorry: Eu sei sim, foi triste (quando descobrimos quem morreu). Houve lágrimas de várias pessoas diferentes, incluindo eu mesmo. Isto é definitivamente algo que não da para lidar com facilidade.

Nos não sabemos se Asher estará vivo no futuro, mas Laurel está grávida. O que você pode nos dizer sobre isso?
Matt McGorry: O que eu posso posso dizer sobre isso?

É do Asher?
Matt McGorry: [Risos] Certo! Quero dizer, nunca se sabe! Pode ser. Você nunca sabe o que esperar da nossa série. Eu acho que eu não tenho muita coisa a dizer sobre isso.

Fonte da entrevista: TVGuide
Confira a entrevista completa em inglês clicando aqui.